Postado em 07 de Outubro às 10h02

O poder do olhar humanizado aos colaboradores

Artigos (96)
P&P Consultoria - Desenvolvimento Humano e Organizacional Empresas apostam em iniciativas para melhorar o desempenho dos colaboradores, com benefícios tanto físicos como mentais. “100% dos clientes são pessoas....

Empresas apostam em iniciativas para melhorar o desempenho dos colaboradores, com benefícios tanto físicos como mentais.

“100% dos clientes são pessoas. 100% dos funcionários são pessoas. Se você não entende de pessoas, você não entende de negócios” – Simon Sinek, palestrante e autor das obras “Comece pelo porquê” (2018), “Encontre seu porquê” (2018) e “Líderes se servem por último” (2016). Livros que inspiram o mundo corporativo e trazem reflexões entre os negócios e as pessoas.

Pensar nas relações entre a empresa e seus colaboradores vem quebrando paradigmas já pré estabelecidos. Hoje, observamos a mudança na cultura de tratamento para com os funcionários. Temos organizações cada vez mais humanizadas, abrindo espaço para diálogo entre os CEOs e colaboradores, como diz a diretora de talent e cultura da Deloitte, Dani Plesnik, uma estratégia importante é “a criação de um ambiente emocionalmente seguro. Onde tem criado e exercitado muito que todo mundo se sinta com voz”.

Resultados positivos
A aproximação entre os líderes e seus colaboradores têm um impacto positivo na produtividade das empresas. “A pandemia vem digitalizando e transformando a forma como a gente trabalha, o que nos proporcionou um ambiente de aproximação, um exemplo que parece simples, todo mundo fazia festa com cada um de seu escritório, e pela primeira vez tivemos uma festa todos juntos.

O CEO agora escreve um e – mail semanal, em vez de mensal, falando de vulnerabilidade, empatia, gratidão e trazer outros temas à mesa que não sejam apenas tradicionais”, ressalta Dani.

Patrícia Alexandre, Gerente Sr. de RH do Grupo Dentsu, ressalta o poder da escuta com os colaboradores. “Você ter a hora do ouvir, se dedicar a aquele colaborador que esse momento tem dificuldades em se adaptar”, explica. Segundo Patrícia, o investimento monetário não é necessário “basta querermos fazer”.

A conexão humanizada entre os setores é o diferencial no empenho de toda a equipe, como foi o caso da UnitedHealth Group Brasil. Ricardo Burgos, vice presidente de capital humano, explica que a conexão alinhada com os propósitos da empresa entrega bons resultados.

“A gente vem olhando a performance da empresa como um todo de uma maneira bem ampla. A empresa tem entregue performance de maneira incrível. Liderar por influência, nossa liderança se desenvolveu muito por esta linha e demonstrar conexão com o propósito da missão e senso de responsabilidade”, acrescenta Ricardo Burgos.

Humanização
Com a pandemia, a forma de trabalho convencional se transformou juntamente com as tarefas diárias do lar. As pessoas tiveram que mudar a mentalidade e readequar às novas necessidades, principalmente o autocuidado. Por isso, as empresas pensam nas estratégias de minimizar o impacto das mudanças neste cenário. “Há pessoas que estão na situação de perder algum familiar. E no brasil ainda tem muito preconceito quando se fala de saúde mental”, salienta Dani Plesnik.

O olhar para o próximo é um diferencial para os dias de hoje. E as empresas veem a possibilidade de criar espaços para o diálogo, o poder de pertencimento. “Tudo que nós viemos a fazer e estamos fazendo nunca será suficiente em situações muito extremas. Mas temos sistema de assistência ao trabalhador, escuta ativa, vários princípios de cultura para ajudar vários profissionais. Temos a telemedicina que tem ajudado muito os colaboradores a ajudarem o profissional naquele momento de necessidade”, conta Ricardo Burgos.

Ricardo Burgos conta que dentro da empresa existem os “guardiões”, pessoas que ajudam quando algum colaborador é infectado pelo COVID-19. “uniu a empresa, quebrando a hierarquia com a humanização necessária, para trazermos ainda mais foco”, explica.

Fonte: Melhor Gestão de Pessoas.

Veja também

Como manter a Produtividade Home Office30/03/20 Home office exige disciplina. O que é imprescindível para ser eficiente ao fazer home office? Dica 1: Estabeleça um horário de trabalho Não é só porque você pode começar a qualquer hora que deva começar a qualquer hora: isso torna a linha que separa seu tempo pessoal do profissional ainda mais difícil de enxergar. Dica 2:......
LIDERANÇA ADAPTATIVA04/06/20 “Líderes se preocupam com o futuro. Líderes adaptativos se preocupam em responder com rapidez suficiente para prosperar em um futuro incerto.” Jim Highsmith Se você fosse uma árvore, como se comportaria em uma......
Apesar da distância, empresas mantêm cultura organizacional21/05 Comunicação intensa motivada pelo trabalho remoto resultou em aproximação entre empresas e funcionários. Com o surgimento e disseminação da Covid-19, as empresas se mobilizaram para enfrentar uma nova......

Voltar para COMPARTILHANDO

USO DE COOKIES

Nós utilizamos cookies com objetivo de prover a melhor experiência no uso do nosso site. Por favor, leia nossa Política de Privacidade e nossos Termos & Condições para entender quais cookies nós usamos e quais informações coletamos em nosso site. Ao continuar sua navegação, você concorda que podemos armazenar cookies no seu dispositivo. Leia nossa Política de Privacidade.