Postado em 02 de Dezembro de 2019 às 21h15

Inteligência Emocional para a carreira

Artigos (59)
P&P Consultoria - Desenvolvimento Humano e Organizacional A Inteligência Emocional pode trazer benefícios à carreira profissional e empresas, melhorando rendimento, produtividade e comprometimento Com os avanços...

A Inteligência Emocional pode trazer benefícios à carreira profissional e empresas, melhorando rendimento, produtividade e comprometimento

Com os avanços da tecnologia, impulsionada pelo que chamamos de 4a. Revolução Industrial, muitas mudanças chegaram ao mercado e ambiente de trabalho. Novas profissões, novos perfis de profissionais, novos hábitos e comportamentos são somente alguns exemplos.

Diante dessas transformações, como os profissionais lidam com os desafios e obstáculos impostos à sua carreira ou até mesmo à sua vida pessoal? A Inteligência Emocional pode ser a resposta e a solução, como uma prática fundamental para a sobrevivência e tomada de decisões na vida de qualquer pessoa.

Tratando-se de trabalho e das importantes decisões na vida, segundo Rodrigo Fonseca, especialista Emocional e presidente da Sociedade Brasileira de Inteligência Emocional (SBIE), a IE pode mudar o rumo de uma carreira. “Nossas decisões moldam a realidade que vivenciamos hoje e futuramente, e todas as decisões são tomadas pelo emocional, mas justificadas pela razão”, afirma.

Fonseca comenta também sobre um grande problema no perfil de alguns trabalhadores, como a procrastinação, isto é, adiar algo por dias muito em razão de algum transtorno ou esgotamento fisico ou mental, que pode vir a atrapalhar a produtividade do profissional. “A inteligência Emocional aplicada na prática tem o potencial de fazer com que a pessoa se comprometa com seus objetivos pois a ação é um dos pilares mais importantes da IE”, comenta.

Fonte: Revista Melhor Gestão de Pessoas

Veja também

Reconhecimento é a melhor forma de estimular alguém25/06/20 Para o filósofo Mário Sérgio Cortella, a ausência de reconhecimento é a grande causa da atual desmotivação nas empresas. O salário não é a principal fonte de insatisfação dos brasileiros dentro das empresas. Mais do que uma remuneração condizente com o que seria justo pelo seu trabalho, as pessoas querem ser......
5 lições para liderar amanhã30/07/20 Para especialista, a digitalização avançou tanto que será impossível voltar ao que éramos. Será preciso virar a chave do pensamento. A pandemia trouxe uma série de mudanças e provocou uma......
Uma pessoa ruim nunca será um bom profissional16/04/20 “Uma pessoa ruim nunca será um bom profissional”, afirmou o pai das inteligências múltiplas, Howard Gardner Essa entrevista trouxe reflexões muito interessantes e, com isso, nos deu a possibilidade de amadurecer uma......

Voltar para COMPARTILHANDO